Quinta-feira, Julho 18, 2024

Violência Doméstica e Porte Ilegal de Arma de Fogo: Polícia Militar Prende Suspeito em Propriedade Rural

Mais Falados

Guia Comercial

Rafael Arcuri
Rafael Arcuri
Rafael trabalha na redação do Fala São João desde sua fundação em 2012. Nos anos seguintes, ele liderou o setor de marketing da empresa e publicou mais de 4.000 artigos — um mix de notícias de última hora, notícias policiais, notícias políticas e muito mais.

Na noite do dia 26 de abril de 2024, por volta das 22h43min, a tranquila atmosfera do Condomínio Moreira, localizado no Bairro Vila Santa Terezinha, em Vargem Grande do Sul/SP, foi interrompida por um triste episódio de violência doméstica e porte ilegal de arma de fogo.

A equipe de Radiopatrulhamento, composta pelos Cabos PM Lucas Roberto Leite e Silas Emanoel da Silva, ambos do 24º BPMI, recebeu um chamado do COPOM para atender uma ocorrência de violência doméstica. A vítima, identificada como F. V. A., residente no referido condomínio, relatou que seu ex-marido, A. M. A., a ameaçou de morte com uma arma de fogo, além de danificar o veículo do casal e agredi-la fisicamente com um tapa no rosto.

Segundo o relato da vítima, as ameaças ocorreram horas antes, em frente à residência do agressor, onde ele proferiu palavras de baixo calão e proferiu injúrias. Após uma breve discussão, o agressor devolveu as chaves da motocicleta da vítima, que ele havia subtraído, e ela retornou para sua residência no condomínio. No entanto, momentos depois, o agressor apareceu no local, agrediu a vítima novamente, quebrou todos os vidros e furou os pneus do carro dela, e ameaçou matá-la na frente de uma testemunha presente.

Com a chegada da polícia, as equipes realizaram uma incursão a pé na área e conseguiram abordar o agressor com sucesso. Durante a abordagem, o 2º Sargento PM Márcio encontrou um revólver calibre 32, marca Taurus, carregado com seis munições intactas, na cintura do suspeito, envolto em um pedaço de pano. Diante da gravidade dos crimes cometidos, foi necessário o uso de algemas para evitar uma possível fuga do agressor.

Além da prisão do agressor, a polícia também obteve permissão para adentrar a residência do mesmo, onde encontraram uma arma longa artesanal sem munições. As partes envolvidas foram encaminhadas ao Posto de Pronto Atendimento para exames médicos e, posteriormente, ao plantão policial de São João da Boa Vista, onde foi registrado o Boletim de Ocorrência Policial (BOPC) número FU 9082-1/24, com as naturezas de violência doméstica, ameaça, vias de fato, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e injúria. A prisão do agressor foi ratificada pelo delegado Dr. Eduardo Hiago Dutra de Oliveira.

As equipes policiais contaram com o apoio da viatura de prefixo I-24408, composta pelo Cabo PM Patente e Cabo PM Mateus, durante a operação na residência do agressor. Este lamentável episódio ressalta a importância do enfrentamento à violência doméstica e do combate ao porte ilegal de armas de fogo, visando garantir a segurança e a integridade das vítimas e da sociedade como um todo.

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas Notícias

Vídeo: Batida na Dr. Durval Nicolau (Mantiqueira), Motorista Passa Mal e Derruba Rede Elétrica

No domingo (14), um acidente na Avenida Dr. Durval Nicolau deixou a área da Mantiqueira sem energia elétrica. Por...
- Advertisement -

Artigos Relacionados

- Advertisement -