Segunda-feira, Junho 17, 2024

Morre na capital a sanjoanense Maria Nicolau, historiadora, filha do ex-prefeito Miguel J. Nicolau

Mais Falados

Guia Comercial

Rafael Arcuri
Rafael Arcuri
Rafael trabalha na redação do Fala São João desde sua fundação em 2012. Nos anos seguintes, ele liderou o setor de marketing da empresa e publicou mais de 4.000 artigos — um mix de notícias de última hora, notícias policiais, notícias políticas e muito mais.

Maria Nicolau faleceu em São Paulo neste domingo, 28 de março, conforme comunicado de seus filhos. Professora e Historiadora, Maria Nicolau, ou “Marita” como era carinhosamente chamada por familiares e amigos.

Filha do ex-prefeito e ex-deputado Miguel Jorge Nicolau, Marita era graduada em língua e literatura inglesa pela PUC-SP; Pós-graduada em Tradução inglesa pela USP; Mestre em história social (PUC-SP); Doutora em ciências da linguagem (UNIVAS).

Possuía experiência na área de letras, com ênfase em literaturas estrangeiras modernas, e desenvolvia projetos na área de materiais didáticos em inglês como o livro Downtown is my Classroom/Book 1.

Na literatura infanto-juvenil publicou A história do João do Verso.

Na área de História atuou principalmente nos temas de estudos regionais: lideranças políticas na década de 1950 em São João da Boa Vista.

Um de seus artigos na GAZETA DE SÃO JOÃO.

Seus artigos bilíngues foram publicados na Gazeta de São João, com o título de História Política de São João da Boa Vista/Political History from Saint John of Beauty Vespertine, e a coluna São João Silenciado, também na Gazeta de São João.

Maria Nicolau também lançou um livro em 2013 sobre a história da fábrica textil – FIATECE – com o título “Um prefeito progressista na década de 1950: Uma liderança Petebista na cidade de São João da Boa Vista. A autora faz uma ligação da carreira de seu pai Miguel Jorge Nicolau, ao empoderamento das tecelãs da indústria de tecidos FIATECE.

O período seria de afirmação dos direitos trabalhistas e, na condição de líder do PTB em São João da Boa Vista, Nicolau era visto como defensor dos operários e de seus direitos, daí a preferência eleitoral das trabalhadoras.

Maria Nicolau deixa filhos, netos, uma irmã, e demais familiares. Foi velada e cremada na capital paulista neste domingo, 28 de março.

Nas fotos: Maria Nicolau no lançamento de um de seus livros e um de seus artigos em GAZETA DE SÃO JOÃO.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

A Paratleta Verediana Real é a Embaixadora Oficial da 49ª EAPIC pela Segunda Vez

Pela segunda vez consecutiva, a paratleta Verediana Real foi escolhida como a embaixadora oficial da 49ª EAPIC (Exposição Agropecuária,...
- Advertisement -

Artigos Relacionados

- Advertisement -