Terça-feira, Junho 15, 2021

Técnica aplicada no hospital Israelita Albert Einstein é ensinada na UNIFAE

Mais Falados

Sanjoanense abre processo contra o Facebook após ter sua conta desativada sem justificativa

Rafael Arcuri, jornalista e proprietário do portal Fala São João processou o Facebook por desativar sua conta mediante suposta...

Governo de SP oferece descontos de 40% em multas de IPVA e ICMS; confira

O governo do Estado de São Paulo começará uma campanha para oferecer descontos de 40%  nos juros e multas de débitos de ICMS (Imposto Sobre...

SP: Governo antecipa em 15 dias vacinação de toda população a partir dos 18 anos

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta quarta-feira, 9, que vai antecipar em 15 dias a...
Rafael Arcuri
Rafael trabalha na redação do Fala São João desde sua fundação em 2012. Nos anos seguintes, ele liderou o setor de marketing da empresa e publicou mais de 4.000 artigos — um mix de notícias de última hora, notícias policiais, notícias políticas e muito mais.

Método é usado para tratar feridas infectadas e/ou com necrose

A volta às aulas práticas dos estudantes dos cursos da área da saúde têm sido marcada por reencontros e grandes oportunidades de aprendizagem. Exemplo disso é a atividade realizada sexta-feira (21) por graduandos em Enfermagem, que aprenderam uma a técnica de desbridamento, procedimento importante para o tratamento de uma ferida com tecido necrosado e infectado.

O tecido necrótico possui excessiva carga bacteriana e células mortas que inibem a cicatrização. O Desbridamento ou debridamento é a técnica de remoção dos tecidos inviáveis através dos tipos autolitico, enzimático, mecânico ou cirúrgico. O método é ensinado apenas em grandes centros educacionais como o Hospital Israelita Albert Einstein e a Universidade de São Paulo (USP).

Para a estudante Elizana Guarnieri, do terceiro semestre, atividades como essa são essenciais.  “O debridamento acelera a cicatrização da ferida. Muitas vezes o curativo é feito de maneira supérflua, então saber essa técnica é bom para a gente e muito melhor para o paciente”, afirma.

Já o graduando Jhonatas Patrick lembra que ensinamentos desse porte são difíceis de encontrar. “O Desbridamento é parte da grade da Enfermagem, em outros lugares é algo extra. Nós vamos encontrar muitos pacientes que precisam desse cuidado, então se a gente chegar sem esse preparo podemos causar um ferimento ou algo a mais, então é muito importante ter essa prática.

Estude Enfermagem na UNIFAE – Se você deseja fazer uma faculdade, conecte-se à UNIFAE agora e transforme seu futuro. Vestibular de Inverno e transferência com inscrições até 29/05. Inscreva-se agora! Informações pelo Tel./WhatsApp: (19) 3638-0240 ou pelo site: https://www.fae.br/vestibular/

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

Prefeitura cria força-tarefa e aplica primeira dose da vacina em todos profissionais da educação

Profissionais da Educação imunizados com a primeira dose da Vacina contra a Covid-19. Sexta-feira e sábado (11 e 12) -...
- Advertisement -

Artigos Relacionados

- Advertisement -