Sexta-feira, Julho 12, 2024

Secretaria de Habitação fez reunião com 18 prefeituras para tratar da construção de novas moradias

Mais Falados

Guia Comercial

Rafael Arcuri
Rafael Arcuri
Rafael trabalha na redação do Fala São João desde sua fundação em 2012. Nos anos seguintes, ele liderou o setor de marketing da empresa e publicou mais de 4.000 artigos — um mix de notícias de última hora, notícias policiais, notícias políticas e muito mais.

Entre as cidades da região, para este novo projeto foram confirmadas apenas as cidades de Caconde, Casa Branca, e Divinolândia.

A Secretaria de Estado da Habitação promoveu nesta terça-feira, 6 de abril, reunião com prefeitos para tratar da construção de 2.066‬ novas moradias do Programa Nossa Casa – CDHU em 18 cidades nas regiões administrativas de Barretos, Campinas, Central, Franca e Ribeirão Preto.

Esses empreendimentos serão edificados em um novo formato. O encontro ocorreu de forma virtual, com a participação do secretário de Estado da Habitação, Flavio Amary, do presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), Reinaldo Iapequino e dos diretores da Companhia, Aguinaldo Quintana e Marcelo Hercolin.

Na região de Campinas foram confirmadas 33 casas para Caconde, 189 moradias para Casa Branda, e 80 para Divinolândia.

Os conjuntos habitacionais serão edificados em terrenos doados pelos municípios e urbanizados pela CDHU. A previsão anterior era de que a Caixa Econômica Federal seria responsável pela construção e pelo financiamento das casas. Para conferir mais agilidade na produção dos empreendimentos, a CDHU assumirá a construção que será executada em duas etapas. Na primeira fase, será realizada a urbanização dos lotes com pavimentação e implantação de água, esgoto e outros itens. Na sequência será feita a edificação das unidades habitacionais.

As casas terão dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e lavanderia. O projeto dos imóveis incorpora as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade pela Companhia, como pisos cerâmicos com rodapé e laje de concreto em todos os cômodos, azulejos nas paredes hidráulicas, estrutura metálica nos telhados e sistema gerador de energia fotovoltaica.

A Política Habitacional do Estado prevê juros zero para famílias com renda mensal de até cinco salários mínimos. Assim, as famílias pagarão praticamente o mesmo valor ao longo dos trinta anos de contrato, que sofrerá apenas a correção monetária calculada pelo IPCA, o índice oficial do IBGE.

- Advertisement -

1 COMENTÁRIO

  1. Seu site é muito bom, gostei das postagens e já salvei aqui
    nos Favoritos. Aceita parcerias para troca de links ou
    banners para melhorar nossos backlinks e visitas? Se tiver
    interesse entre no meu blog tambem (Emagrece.Blog.Br)
    e Fale Conosco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

Jaime Splettstöser é empossado na Academia de Letras de São João da Boa Vista

Historiador meticuloso e incansável, Jaime Splettstöser Júnior foi empossado sábado (6 de junho) na Academia de Letras de São...
- Advertisement -

Artigos Relacionados

- Advertisement -