Sábado, Fevereiro 24, 2024

Mayara estudante da Unicamp assassinada a facadas é sepultada nesta terça-feira (17) em São João

Mais Falados

Guia Comercial

Rafael Arcuri
Rafael Arcuri
Rafael trabalha na redação do Fala São João desde sua fundação em 2012. Nos anos seguintes, ele liderou o setor de marketing da empresa e publicou mais de 4.000 artigos — um mix de notícias de última hora, notícias policiais, notícias políticas e muito mais.

Mayara Roquetto Valentim, de 23 anos, foi morta com 28 facadas quando caminhava no domingo (15). Segundo delegado responsável pelo caso, suspeito do crime identificado como Michael Douglas da Silva é esquizofrênico e ainda não foi localizado.

A Esquerda Douglas Michael da Silva, principal suspeito de assassinar a facadas a estudante da UNICAMP Mayara Roquetto Valentim, o crime aconteceu neste domingo 15 de maio.

O corpo da estudante da Unicamp assassinada em São João da Boa Vista (SP) foi enterrado na manhã desta terça-feira (17) no Cemitério Municipal. Mayara Roquetto Valentim, de 23 anos, foi morta com 28 facadas no domingo (15) quando saiu para caminhar.

Tentativa de homicídio

De acordo com o delegado, no sábado o suspeito teria apontado uma arma para a vizinha em uma pensão, mas os disparos falharam. Silva atraiu a vítima até o quarto e pediu para ela ajudar a puxar um armário.

“Assim que ela entrou, ele deu uma coronhada na cabeça dessa moça e efetuou dois disparos, mas a arma falhou. Eles entraram em luta corporal, ela pediu socorro e ele fugiu”, contou o delegado.

Após a tentativa de homicídio, Silva fugiu e se escondeu na área de mata, onde teria encontrado Mayara e a matado, relatou o delegado. Segundo a polícia, o suspeito tem passagens por crime de violência doméstica e porte ilegal de arma.

Cães farejadores e 45 policiais trabalham nas buscas do suspeito na Serra da Paulista.

Texto: G1

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

Desvio de energia em São João da Boa Vista em 2023 é suficiente para abastecer Águas da Prata por 5 dias

Além de ser ilegal, as ligações clandestinas podem resultar em acidentes, incêndios, sobrecargas e interrupções no fornecimento de energia. A...
- Advertisement -

Artigos Relacionados

- Advertisement -