Segunda-feira, Junho 17, 2024

Taça Regional XCO reúne atletas de 53 cidades em São João da Boa Vista

Mais Falados

Guia Comercial

Rafael Arcuri
Rafael Arcuri
Rafael trabalha na redação do Fala São João desde sua fundação em 2012. Nos anos seguintes, ele liderou o setor de marketing da empresa e publicou mais de 4.000 artigos — um mix de notícias de última hora, notícias policiais, notícias políticas e muito mais.

O XCO é uma modalidade do Mountain Bike, que consiste em circuitos de terra que vão dos seis até os 20 quilômetros, apresentando diversos obstáculos naturais, como pedras pequenas e grandes e, em geral, é disputada em grupos no formato cross-country. O objetivo da competição é percorrer múltiplas voltas e ser o primeiro a cruzar a linha de chegada, com maior dificuldade no percurso.

A modalidade está em alta. No domingo (13), aconteceu a Taça Regional de XCO, organizada pela Kalangas Bikers, com apoio do Time São João/Departamento de Esportes. Mais de 200 atletas de 53 cidades se reuniram no Bike Park Crepúsculo, em São João da Boa Vista. A prova possui concessão da Federação Paulista de Ciclismo e a 1ª etapa vale para o ranking paulista.

Segundo o organizador da Kalangas, Helio Bueno, a prova XCO é olímpica, num circuito por categorias. “É diferente da maratona, que tem uma corrida na largada com todos juntos. Nessa temos várias baterias para que aconteçam. Ver o evento acontecendo e os participantes felizes é um retorno gratificante”, informou.

Já o atleta Clayton Quintiliano, do Master A1 Masculino, destacou que “é interessante ter essa modalidade na região, pois temos mais maratonas e o bacana é viver outras experiências”.

Um dos parceiros na cobertura da prova foi o Centro Universitário Unifae, que procurou histórias de atletas participantes para entrevistas especiais. Lívia Silva, de 14 anos, é a campeã da categoria Juvenil Feminino e disse: “Foi bem difícil e muito emocionante vencer a categoria. Pedalo desde os 12 anos e tenho vontade de ir para frente cada vez mais”, comentou.

Foi a primeira vez que Ana Julia Boaventura de Oliveira competiu XCO. A atleta, da categoria Master A Feminino, disse ter ficado empolgada. “Cheguei inteira no final (risos), foi uma experiência nova e desafiadora. O percurso foi muito bem elaborado e deu para se divertir. Isso também é ótimo para as técnicas que preciso desenvolver”.

As duas participantes comentaram do rock garden, uma parte do percurso com diversas pedras grandes e pequenas, estrategicamente posicionadas, tornando o trecho mais difícil tecnicamente para os competidores. Normalmente, é um palco de vários tombos. “Com certeza foi o ápice da prova’, finalizou Ana Julia.

Em 2018 foi criada a Associação Bikers Mogiana. Com muito planejamento, um local de XCO foi montado e hoje em dia é o Bike Park Crepúsculo. O ciclismo brasileiro cresce cada vez mais, como comenta o advogado e presidente da Associação, Rui Souza: “É uma modalidade mundial e ultrapassa barreiras. É saúde pública e meio ambiente, além de contribuir com o Turismo de São João. É nosso primeiro evento desse porte e agradeço a todos os nossos parceiros, Time São João/Departamento de Esportes da Prefeitura, Unifae, Sódbike, Peres Moto e Boa Vista Seguros”, concluiu Souza.

A segunda etapa acontecerá em Mogi Guaçu, no dia 10 de abril. Mais cinco datas serão confirmadas, sendo três em XCO e duas em Mountain Bike.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

Médico Leonardo Fontanezzi do Posto de Saúde do Sto Antonio Recebe Título de Cidadão Sanjoanense

São João da Boa Vista, 12 de junho de 2024 - A Câmara Municipal de São João da Boa...
- Advertisement -

Artigos Relacionados

- Advertisement -