Segunda-feira, Junho 24, 2024

São João da Boa Vista terá um novo instituto: Francisco Mancini

Mais Falados

Guia Comercial

Rafael Arcuri
Rafael Arcuri
Rafael trabalha na redação do Fala São João desde sua fundação em 2012. Nos anos seguintes, ele liderou o setor de marketing da empresa e publicou mais de 4.000 artigos — um mix de notícias de última hora, notícias policiais, notícias políticas e muito mais.

Lançado em dezembro de 2021 na academia de Letras de São João da Boa Vista, o livro “Francesco Francisco Mancini” retrata a história do empreendedor italiano/brasileiro Francisco Mancini, pelo recorte da imigração, que mudou as feições do estado de São Paulo e de todo o Brasil.

O livro é resultado de diversas entrevistas com membros da família Mancini e especialistas, entre os quais os pesquisadores Antônio Carlos Rodrigues Lorette, Jaime Splettstoser e Rodrigo Rossi Falconi, e de registros encontrados no acervo histórico da cidade de São João da Boa Vista. A obra apresenta, ainda, uma linha do tempo da economia agrária do início do século XX, tempo marcado pela cultura do café e a posterior profissionalização da agricultura brasileira.

O texto é da jornalista Ana Augusta Rocha. Francisco Mancini encabeçou vários aspectos dessa transformação. Idealizado por Luciana Mancini, neta de Francisco, o livro também acabou por unir a extensa família Mancini, em um convite à celebração de sua história e suas raízes. Foi este mergulho à memória e ao rico patrimônio histórico de São João da Boa Vista que inspirou Luciana a se envolver ainda mais com a cultura da cidade e criar o Instituto Francisco Mancini, no sentido de seguir produzindo conhecimento e saber.

O Instituto já conta com novos projetos e idealizações para o ano de 2022, que abordarão temas como arquitetura, imigração, desenvolvimento e história. O primeiro deles é um segundo livro, focado no casarão de Francisco Mancini e, a partir dele, na arquitetura da primeira metade do século XX na cidade, influenciada pelos novos tempos do café, e pela mão de obra estrangeira de arquitetos, mestres e artesãos que mais realizaram obras na cidade.

O Instituto Francisco Mancini pretende estabelecer seu acervo na forma digital, online, orientado pela ideia de sistematizar e democratizar o acesso a essa produção cultural. Luciana Mancini é diplomata, serviu nas Embaixadas do Brasil em Washington, Pequim, e na Delegação do Brasil junto aos Organismos Internacionais em Genebra.

Nas fotos, a capa do livro sobre Francisco Mancini e Dra. Luciana Mancini.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

Lavrador Morre em Incêndio em Sítio na Serra da Paulista, São João da Boa Vista

O lavrador Levi Vieira dos Santos, de 53 anos, morreu em um incêndio na quinta-feira (20) em um sítio...
- Advertisement -

Artigos Relacionados

- Advertisement -