Sexta-feira, Fevereiro 23, 2024

Em São João da Boa Vista diretor da saúde pretende vacinar 90% da população até a metade deste ano

Mais Falados

Guia Comercial

Rafael Arcuri
Rafael Arcuri
Rafael trabalha na redação do Fala São João desde sua fundação em 2012. Nos anos seguintes, ele liderou o setor de marketing da empresa e publicou mais de 4.000 artigos — um mix de notícias de última hora, notícias policiais, notícias políticas e muito mais.

Confira a entrevista de Dr. Fernando Delatti, diretor do departamento de saúde de São João da Boa Vista, em exclusiva para o Jornal O Município.

Na segunda-feira (8), o governo estadual liberou mais 1,7 milhão de doses de CoronaVac ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde. Com o novo carregamento, o total de vacinas contra a Covid-19 disponibilizadas pelo Instituto Butantan ao PNI chega a 16,1 milhões de doses desde o início das entregas, em 17 de janeiro.

Até o final de março, a previsão do governo é de que sejam entregues 21 milhões de doses – 17% a mais do que o previsto inicialmente. Além disso, o Butantan trabalha para entregar outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros até 30 de agosto.

Diante desta projeção, o Departamento de Saúde de São João da Boa Vista acredita que será possível imunizar até 90% da população sanjoanense ainda neste semestre.

“Isso é uma grande notícia, porque eu acredito que o recebimento de lotes vacinais se dará regularmente, todas as semanas.

Até o primeiro semestre, no final de junho, eu acredito que terá 90% de sua população vacinada”, afirmou o diretor, Fernando Carlos Delatti, responsável pela Pasta. “A escassez de vacinas é algo superável. Começará a surgir semanalmente um número significativo e logo nós estaremos próximos da juventude, em termos de faixa etária”, destacou.

De acordo com Fernando Delatti, a produção em larga escala traz esperança no combate ao novo coronavírus. “O sanjoanense pode ter certeza que, havendo vacina, a eficiência da Vigilância Epidemiológica fará com que essa vacinação seja mais rápida possível e dentro de um número cada vez maior de pessoas”, comentou.

Apesar da boa notícia, Delatti destaca que é fundamental a união de toda a sociedade para evitar o avanço da pandemia e ajudar o município a superar esse momento difícil.


“O que eu diria a população sanjoanense é que, primeiro, tenha esperança. São João vai vencer esse desafio.

O diretor ainda destacou que toda a comunidade deve se conscientizar sobre os perigos da Covid-19. Mas, hoje, essa atitude, pode comprometer a vida de seu avô, de sua avó, de seus pais, pela transmissão do vírus que, para ele talvez não tenha tanta agressividade, mas para seus entes queridos poderá ter”, alertou.

“Peço a todos que tenhamos responsabilidade coletiva. Vamos abrir mão um pouco de nossos prazeres pessoais para um apoio coletivo nessa tragédia que estamos vivendo. Isso passará. São João sobreviverá a isso e voltará logo a ser a cidade que todos nós amamos, com liberdade e a alegria de viver!”,

finalizou o Dr. Fernando Delatti. diretor do departamento de saúde de São João da Boa Vista, em entrevista para o Jornal O Município.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

Desvio de energia em São João da Boa Vista em 2023 é suficiente para abastecer Águas da Prata por 5 dias

Além de ser ilegal, as ligações clandestinas podem resultar em acidentes, incêndios, sobrecargas e interrupções no fornecimento de energia. A...
- Advertisement -

Artigos Relacionados

- Advertisement -