Segunda-feira, Setembro 20, 2021

Projeto de Lei prevê mudanças para manutenção do comércio durante feriados em cidades turísticas

Mais Falados

Paciente deixa a Santa Casa depois de 40 dias internada com Covid-19

Uma mulher de 35 anos, que ficou internada na Santa Casa de Misericórdia Dona Carolina Malheiros, durante 40 dias,...

João Doria aprova projeto para reuso de água do deputado estadual Marcos Damásio

Projeto de Damasio de reuso de água agora é lei A proposta do deputado estadual Marcos Damasio (PL) de que...

Time São João/Ginástica Artística da Prefeitura recebe placa em homenagem a professor

Neste sábado (18), completa um ano do falecimento do professor e treinador Sebastião Álvaro Galdino, profissional que brilhou no...
Rafael Arcuri
Rafael trabalha na redação do Fala São João desde sua fundação em 2012. Nos anos seguintes, ele liderou o setor de marketing da empresa e publicou mais de 4.000 artigos — um mix de notícias de última hora, notícias policiais, notícias políticas e muito mais.

O Projeto de Lei 2435/2021, protocolado pelo deputado federal, Coronel Tadeu (PSL-SP), apresenta uma iniciativa para colaborar com o desenvolvimento econômico de inúmeros municípios brasileiros, considerados como locais de alto interesse turístico. De acordo com o texto, a proposta é dispensar a obrigatoriedade da autorização via convenção coletiva- a negociação entre o sindicato dos trabalhadores do comércio e o sindicato dos empregadores – para manter o funcionamento das atividades em dias de feriados.

“A abertura do comércio é de suma importância para os municípios de interesse turístico, pois durante os feriados são verificados os maiores afluxos de turistas nesses lugares”, afirma o autor do projeto. De acordo com dados apresentados pelo portal do Sindicato de Comércio Varejista – Sincovaga – de São Paulo, só no estado paulista são contadas 140 cidades de interesse turístico.

Deputado federal, Coronel Tadeu

Entendendo que há “uma grande dificuldade verificada em muitos munícipios de pequeno porte, a fim de que as partes, trabalhadores e empregadores, cheguem a um acordo quanto ao trabalho nos feriados, em vista das especificidades do comércio local”, o PL sugere, então, que seja renunciada a necessidade desta negociação para realização do trabalho durante os feriados. Os funcionários, no entanto, não serão prejudicados com a medida, pois de acordo com o texto, estes receberão pagamento dobrado pelos dias trabalhados, “salvo se o empregador não determinar outro dia de folga”.

Para o deputado federal, Coronel Tadeu, a dispensa da autorização trará benefícios à população dos municípios como um todo: “com a permissão do trabalho nos feriados, se [os trabalhadores] não compensarem o dia trabalhado, poderão usufruir remuneração em dobro, bem como auferirão ganhos sobre as vendas, na hipótese dos comissionistas. Esse incremento da atividade comercial beneficiará a população de um modo geral, pois contribuirá para o aumento da arrecadação de impostos dos municípios, os quais disporão de mais recursos para realizar obras de infraestrutura, por exemplo”.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

Paciente deixa a Santa Casa depois de 40 dias internada com Covid-19

Uma mulher de 35 anos, que ficou internada na Santa Casa de Misericórdia Dona Carolina Malheiros, durante 40 dias,...
- Advertisement -

Artigos Relacionados

- Advertisement -